10 maneiras de evitar a pele seca no inverno

Rate this post

Todas as estações acabam afetando de uma forma ou de outra a sua pele. Mas é agora, no inverno, quando esta apresenta um aspecto mais seco e fora que o resto do ano, por causa das baixas temperaturas.


Relacionado com este artigo


Anti-idade


O efeito do frio sobre a pele é múltiplo: contrai os vasos capilares, o que não chega suficiente oxigênio e nutrientes para a derme. Além disso, a epiderme não se renova tão rápido e se acumulam as células mortas. O resultado é uma pele macilenta, tenso e mais sensível.


10 chaves contra a pele seca no inverno


Há pequenos gestos diários que devemos ter em conta nesta época do ano, para minimizar os estragos causados pelas baixas temperaturas em nossa pele.



  1. Hidrata a sua pele diariamente e várias vezes ao dia, especialmente se você sofre de doenças como a dermatite atópica ou psoríase.

  2. As mudanças bruscas de temperatura aumentam o risco de capilares dilatados ou aranhas vasculares. É o que ocorre com o passar do frio da rua ao calor de aquecimento de um espaço interior. Modera a temperatura se o termostato depende de ti.

  3. No inverno vontade de mais de um banho quente, mas a água a altas temperaturas seca muito a pele.

  4. Aproveite para limpar as manchas. É a melhor época para fazer tratamentos despigmentantes da pele.

  5. Não esqueça as luvas, se você geralmente tem sabañones ou os dedos das mãos se ficam frios ou ficam vermelhos ou roxos.

  6. Não use sabonetes muito espumantes para lavar a cara e o corpo. Escolha produtos de limpeza sem sulfatos e com ativos calmantes.

  7. Atenta com a lavagem de mãos. Água fria, secar a pele. Se você tiver que fazê-lo de forma repetida, aplica a cada vez que você terminar um creme de mãos.

  8. Evite o tabaco e o álcool. Repercutem de forma negativa na saúde da pele, já que geram radicais livres e podem secar.

  9. Aumenta o consumo de vitamina C e antioxidantes (frutas e verduras frescas) e bebe-se entre 1,5 e 2 litros de água por dia.

  10. Use os óculos de sol também no inverno, especialmente em áreas onde há neve, já que esta reflete 80% da radiação solar afeta a pele ao redor dos olhos, que é especialmente delicada.

Cuidados extras para rosto e mãos


A pele do rosto e das mãos é a que mais sofre durante o inverno, pois é a que está mais exposta ao frio. Por isso há que intensificar os cuidados para evitar o ressecamento, vermelhidão, capilares dilatados…


Mude o seu creme de dia por uma mais nutritiva


Com o frio, a secreção de gordura diminui e a água da epiderme se evapora facilmente, por isso que a pele fica áspera e desagradável. É necessário protegê-la antes de expô-às baixas temperaturas.


Pela manhã, aplique um creme de textura mais rica e que inclua ativos hidratantes (glicerina, hialurónico) e reparadores da barreira cutânea (óleos vegetais e ceramidas).


Hidrata os seus lábios no inverno


De pele mais fina e desprotegida do que o resto do rosto, se desidratam especialmente se respirar pela boca ou os humedeces com a saliva. Para protegê-los, sécalos bem depois de beber e aplica um batom. Leve-o no bolso e use-a várias vezes ao dia para dar uma proteção extra.


Proteja-se do sol


Se bem é certo que percebemos menos a sensação de calor, os raios ultravioletas e infravermelhos continuam incidindo em nossa pele. Em concreto, a quantidade de raios UVA (responsáveis pela flacidez, ressecamento e o aparecimento de manchas) que atingem a pele no inverno é quase o mesmo que no verão. Por isso, há que continuar a aplicar o fotoprotector diariamente antes de sair de casa.


Ajuda a regeneração nocturna da pele


Limpar a cada noite, a pele do nosso rosto é um gesto essencial em qualquer época do ano, para que a regeneração celular que ocorre durante a noite seja mais eficaz.


No inverno, como a derme é mais sensível, evite produtos agressivos como esfoliantes com microgrânulos e tônicos com álcool. Escolha uma limpeza de textura fundente (leite ou bálsamo) e trabájala com gestos lentos. Remova-a com um algodão (ou se a neve, que seja com água morna) e tonifica com água termal.


A partir dos 40 anos, a combinação de vários fatores (idade, dano do ambiente, estresse, alimentação e efeitos do sol) fazem com que a pele fique opaca e seca. Os óleos para o rosto, ricos em vitaminas e ácidos graxos essenciais, nutrem e reparam o manto hidrolipídico , conseguindo assim que a pele fique mais saudável e tenha uma aparência mais jovem. Aplícalos cada noite antes de dormir.


Repara suas mãos


Nesta época se podem secar muito devido à falta de glândulas sebáceas e à água e ao sabão. Cada vez que as lave aplica-se um creme com efeito de barreira”, que reduz o aparecimento de rachaduras e as protege das agressões.


Uma vez por semana, aplique um creme facial noite ou a máscara que você usa no rosto, coloque umas luvas de algodão que tenha previamente aquecido no radiador e aguarde 15 minutos. Depois remova com água. Você vai notar que as mãos ficam macias e flexíveis.


a pele do corpo também deve-se cuidar no inverno


Escondida sob a roupa, pensamos que a pele do corpo é mais protegida e esquecemo-nos dela. Toma medidas para cuidar e protegê-la.



  • Hidratante após o banho. Se você não quiser ter “pele de lagarto” (cuarteada) e outros problemas decorrentes da desidratação, como coceira e descamação, aplique a loção corporal diária, pois reforça o manto hidrolipídico e trava a saída de água da pele. Aplique em todo o corpo (pernas, quadris, nádegas e braços) e com passes ascendentes que favorecem a drenagem.


  • Insiste em cotovelos e joelhos. Compensa a extrema secura destas zonas, usando uma textura mais cremosa, como a da manteiga para o corpo.

  • Dê aos seus pés, atendimentos extra. Quando colocar o creme de leite, aproveite para massagear a planta e os dedos dos pés. A massagem aumenta a absorção do produto e ativar a circulação sangüínea, permitindo que os pés não estão tão frios.

  • Ativa as pernas. Precisam de mais atenção no inverno, já que a circulação de sangue é mais lenta pelo frio. Um conselho. À noite, aplique um óleo com ação estimulante (por exemplo de bétula), fazendo movimentos circulares e ascendentes, desde os tornozelos e quadris.

  • Melhor roupa de algodão. E tenha em conta que o atrito das roupas, principalmente de fibras sintéticas e lã, podem secar a pele. Você pode usar uma camiseta de algodão por baixo do pulôver.

Que creme escolher



  • Os leites hidratantes (com glicerina, açúcar e uréia) vão bem, se você tem a pele normal.

  • As cremosas, mais ricas em ingredientes nutritivos (óleos de jojoba, girassol, gérmen de trigo) são indicadas para peles secas e maduras.

  • As manteigas corporais têm a textura mais cremosa e destinam-se às peles extremamente secas e áreas ásperas, como cotovelos e joelhos.

  • Fórmulas especiais: Se a sua pele é atópica ou reativa, use uma loção com ativos calmantes (alcaçuz) e maior proporção de ceramidas e ácidos graxos ômega 6, que restauram a barreira cutânea.

Deixe uma resposta